Equilibrio Geral

untitled

A teoria do Equilíbrio Geral diz respeito a  capacidade das forças de mercado em corrigir automaticamente um desequilíbrio de mercado, ou seja, como os preços de oferta e demanda equilibram-se e de que modo. Os principiais autores do Neoliberalismo indicavam que essa busca por equilíbrio teria grande custo e sofrimento humano e que, portanto, deveriam ser reduzidos.

O idealista Léon Walras considerava que as variações de preço tendiam ao equilíbrio, uma vez que “uma situação de excesso de oferta levaria imediatamente a um aumento de preço e que uma situação de excesso de oferta levaria imediatamente a uma queda de preço”. Porém para que houvessse o equilíbrio geral, seria necessário uma concorrência perfeita.

A teoria porém, podia ser rebatida facilmente e não se aplicava a prática. O equilíbrio geral não poderia ser alcançado com o pleno emprego. Outras conclusões da teoria é que uma vez instalada a crise em um setor, todo o mercado sofrerá em maior ou menor escala seus efeitos, devido a inter-relações entre os setores.


*Abaixo, segue outra explicação para o termo Equilíbrio Geral,  publicada pelo Blog Iniciativa Economica
Texto original: http://iniciativaeconomica.wordpress.com/

A Teoria do Equilíbrio Geral é um conjunto de teoremas microeconômicos.

Ela procura explicar a produção, o consumo e os preços numa economia completa.
O Equilíbrio Geral tenta nos fazer entender uma economia completa utilizando uma abordagem próxima, iniciando com mercados e agentes individuais. Já a macroeconomia, desenvolvida pelos chamados economistas Keynesianos, usa uma abordagem de cima à baixo, aonde a análise inicia se em maiores escalas. Desde que a moderna macroeconomia começou a enfatizar os fundamentos da microeconomia, a distinção entre elas diminuiu. Mesmo assim, muitos modelos macroeconômicos têm simplesmente um ‘mercado de bens’ e estudam sua interação com o mercado financeiro. O modelo do equilíbrio geral geralmente refere-se à uma multidão de diferentes mercados de bens. Já os modelos de equilíbrio geral modernos são normalmente complexos e precisam de computadores para auxiliar nas soluções numéricas.

Numa economia de mercado, o preço e a produção de todos os bens são inter-relacionados. Uma mudança no preço de um bem – por exemplo, o pão – pode afetar outros valores, como por exemplo os salários dos padeiros. Se em uma das padarias o pão difere em sabor dos outros, a demanda do pão pode ser afetada pela mudança nos salários dos padeiros, com um efeito consequente sobre o preço do pão. Calcular o preço de equilíbrio de apenas um bem, em teoria, precisa de uma análise que conte com todos os milhões de diferentes bens que estão disponíveis.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s