A Fábula das Abelhas – Bernard Mandeville

Para que houvesse avanços, evolução em uma civilização ela viria do individualismo, egoísmo e não das virtudes do ser humano. Pois, quanto mais as pessoas quisessem ter, adquirir para o seu conforto, o seu bem-estar, maior seria a riqueza da nação. Só se teria ganhos para o coletivo , se houvesse interesse individual.

Fable of the Bees

Juntamente com as teorias de Dudley North e David Hume, as Fábulas das Abelhas escrita por Bernard de Mandeville em 1704 tornou-se o fundamento para o início do Liberalismo Econômico.

Segundo Mandeville para que uma nação se desenvolva economicamente (adquira mais riqueza), a moralidade do individuo é posta de lado, porque ele precisa ser egoísta para poder acumular valor, o seu acumulo de riqueza individual fará com que a nação também acumule uma maior riqueza.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s